DestaqueRegional

Rodoviários anunciam greve para esta quarta-feira em Marabá

A greve dos Rodoviários de Marabá foi confirmada na noite desta segunda-feira,11. A categoria já avisou às empresas concessionárias e aguarda o período de 72 horas para iniciar a paralização. Estava previsto para começar às 10h de hoje, mas eles afirmam que devem dar início à meia noite. Isso significa que a quarta-feira, 13, amanhecerá com o número de coletivos reduzido.

Segundo Océlio Souza, da diretoria do Sindicato dos Rodoviários do Sul do Pará (Sintrarsul), o acordo firmado anteriomente entre trabalhadores e empresas findou no dia 5 e os empregadores voltaram a atrasar os salários.

Motoristas e cobradores estariam sem receber o referente aos meses de dezembro e janeiro, mais os vales alimentação de dezembro e fevereiro. “Até às 18h de hoje (ontem), ninguém havia recebido. Só havia os rumores lá dentro de que a empresa estava se preparando para pagar. Caso aconteça nesta terça-feira, ainda podemos voltar atrás”. Disse ao Correio.

A reunião aconteceu no dia 6, quando os funcionários das empresas Transportes Coletivos de Anápolis Ltda (TCA) e Nasson Tur Turismo Ltda, decidiram sobre a nova paralisação.

Geraldo Dean Silva, presidente do Sintrasul, as empresas foram novamente notificadas pelos constantes atrasos salariais.

“A convocação dessa assembleia se deu porque os trabalhadores continuam sufocados por constantes atrasos de pagamentos e queremos que o Poder Público para chamar a atenção sobre isso”, comenta.

De acordo com ele, além dos trabalhadores, a população de Marabá sofre o impacto. “Temos que dar um basta nisso, não dá para continuar. Sofre o trabalhador e a população com esse péssimo transporte. A gente também está cobrando junto ao Conselho Municipal de Transporte, a viabilização do terminal para suprir a necessidade das empresas e dos trabalhadores”, declarou.

Fonte: Correio de Carajás

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios