Servidores do Detran iniciam greve geral por tempo indeterminado nesta segunda, 20

Os servidores do Departamento Estadual de Trânsito do Pará (Detran-PA) decidiram entrar em greve nesta segunda-feira, 20. A maior parte dos serviços do Detran, especialmente o atendimento de veículos e a emissão Carteira Nacional de Habilitação (CNH), como vistoria veicular, exames teóricos e práticos, fiscalização e educação para o trânsito estão paradas.

O novo presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Trânsito do Estado do Pará (Sindtran/PA), Dênis Sampaio, antecipa que a greve será por tempo indeterminado. “o Sindtran tentou por diversas vezes ser recebida pelo diretor-geral do Detran, Marcelo Guedes, que ignorou as tentativas de diálogo. Vários ofícios requerendo audiências foram protocolados desde dezembro de 2019, todos sem resposta. Então a greve será por tempo indeterminado até ele resolver atender a gente”, afirma.

A mobilização dos servidores acontece em frente ao prédio-sede do órgão na Avenida Augusto Montenegro. Um carro som está sendo usado para chamar a atenção dos diretores do Detran.

Principais itens da pauta de reivindicação:

1. Reposição inflacionária de 4,31% referente à data base de abril/2019 (conforme determina o art. 117 da Lei n.° 5.810 de 24 de janeiro de 1994 – Regime Jurídico Único);

2. Reajuste da Gratificação de Trânsito dos Servidores do Detran, mediante reposição inflacionária referente à data base de abril/2019 no índice de 4,31% (conforme o art. 29 da Lei n.° 7.594 de 28 de dezembro de 2011);

3. Revogação da portaria de terceirização do serviço de vistoria veicular;

4. Revisão do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos servidores do Detran e avaliação periódica de desempenho dos trabalhadores de trânsito da autarquia; e

5. Concurso público regionalizado para preencher 830 cargos vagos existentes no Detran.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios