‘Sol de rachar’ afasta chuvas nos próximos dias em Marabá

O Site Climatempo não prevê chuva até o dia 26 de junho de 2020, em Marabá, no sudeste do Pará. A temperatura mínima e máxima vai girar em torno de 21º a 34º. Os amantes do verão terão uma jornada de muito sol pela frente, porém esse período sem chuva traz consigo algumas doenças respiratórias.

O forte calor do “Verão Amazônico” deixa o organismo humano mais frágil, principalmente entre crianças e idosos. De acordo com os médicos, os cuidados com a saúde nesse período, que se estende até dezembro, devem ser redobrados.

Praia do Tucunaré em Marabá-PA começa a atrair banhistas – Folha ...
Praia do tucunaré – Foto: Reprodução

Doenças causadas pela diminuição da imunidade e patologias respiratórias estão entre as mais comuns no período e as pessoas mais vulneráveis precisam de receber um cuidado maior com a saúde. Os cuidados com a Covid-19 devem continuar redobrados.

Embora tenha diminuído bastante, nos últimos anos, a fumaça, proveniente da realização de queimadas na região, ainda incomoda os marabaense nesta época do ano. Entretanto, mesmo com as restrições impostas pelo isolamento social, muita gente deverá aproveitar as praias, balneários e igarapés existentes na região de Marabá.

A doença mais incidente entre as crianças, segundo os médicos, é a gripe e suas cinco complicações: rinite (inflamação do nariz), sinusite (inflamação dos ossos atrás da face, da parte posterior do nariz), bronquite (inflamação dos canais onde passa o ar para o pulmão), pneumonias (inflamação do tecido pulmonar) e as otites (inflamação dos ouvidos), entre outras patologias.

Praia do Geladinho em Marabá: 1 opiniões e 5 fotos
Praia do geladinho – Foto: Reprodução

As inflamações podem ser virais ou bacterianas. Familiares deverão ter um cuidado redobrado com crianças e idosos, pois esses dois segmentos sociais estão mais suscetíveis a contrair as doenças próprias do verão. Como sempre, os ‘velhinhos’ e os ‘moleques’ costumam sofrer bastante nessa época do ano.

Outro problema enfrentado pela população é o sangramento nasal, provocado pela baixa umidade do ar e consequente ressecamento da mucosa nasal. O novo coronavírus surgiu como um complicador a mais. Como diz o ditado popular, por estas bandas do Brasil: “Todo Cuidado é pouco”.

Pedro Souza

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios