Suposto pastor evangélico é acusado de matar a empresária Jaiane Molinari

O suspeito se denomina Pastor Josias Santos, ele é considerado foragido pela polícia.

A Polícia Civil do Pará investiga o assassinato da empresária Jaiane Molinari, morta no fim da manhã de sexta-feira (06), dentro da própria loja, no centro de Cametá.

O principal suspeito do crime é um suposto pastor evangélico, flagrado por uma câmera de segurança, escondida dentro da loja. Fotos do acusado foram publicadas no perfil da mãe da vítima.

O suspeito se denomina Pastor Josias Santos, ele é considerado foragido pela polícia. Os motivos do assassinato ainda são investigados. A empresária chegou a travar uma luta corporal com o acusado, antes de ser morta estrangulada.

O corpo de Jaiane Molinari será velado na igreja Nova Aliança, em Tailândia.

Com informações do Portal Tailândia

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios