UFPA não utilizará nota do Sisu este ano; inscrições para Vestibular começam amanhã

As inscrições para o vestibular da Universidade Federal do Pará (UFPA) começam amanhã (2). Serão ofertadas 7.347 vagas, sendo 6.605 para os 132 cursos regulares da Instituição, 610 vagas disponibilizadas pelas 15 turmas em 12 cidades paraenses em 2019, e 132 vagas extras ligadas à cota para pessoas com deficiência. O candidato poderá concorrer caso tenha feito as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As inscrições seguem até dia 20/11, por meio do site www.ceps.ufpa.br. O valor é de R$50.

Este ano, a UFPA apresenta algumas mudanças no vestibular, como a saída do Sistema Unificado de Seleção (Sisu). Até o ano passado, 80% das vagas disponíveis eram ofertadas via Processo Seletivo e os demais 20%, via Sisu. Mas de acordo com Edmar Costa, presidente da Comissão Permanente de Processos Seletivos (Coperps) e pró-reitor de Ensino de Graduação (Proeg), as vagas não eram totalmente preenchidas, trazendo prejuízos para a universidade.

“Essa decisão nos custa bastante, sempre fizemos questão de participar do Sisu, mas esse ano faremos estudos para ver o quanto isso nos impacta”, afirmou. “O Sisu tem calendário acadêmico próprio, ele não considera o calendário das instituições e tivemos problemas no preenchimento dessas vagas nos últimos anos”. Em 2017, a universidade teve 25% das vagas reservadas ao Sisu não preenchidas e este ano, 36%.

RESERVA

Outra novidade é a reserva adicional em cada curso de graduação para pessoas com deficiências (PCDs). Com isso, a UFPA oferta 132 vagas adicionais ao quadro normalmente disponibilizado. E o candidato que não passar nessa vaga, continuará disputando uma oportunidade pelas demais vagas da universidade. “Dessa forma garantimos que os estudantes PCDs de escolas particulares também possam concorrer às vagas”, explicou Edmar.

Outra novidade para este ano é a criação do curso de graduação em “Conservação e Restauro”, ofertado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), que está sediado no Convento dos Mercedários, no centro histórico de Belém, bem como o Programa de Pós-Graduação em Ciências do Patrimônio, que contempla demanda da sociedade civil visto que a capital paraense ainda tem sérios problemas na conservação de seu patrimônio.

As inscrições também serão abertas amanhã para o Processo Seletivo Especial 1 (PSE 2019-1), que disponibiliza 616 vagas para estudantes indígenas e quilombolas na UFPA. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo mesmo endereço do vestibular comum: www.ceps.ufpa.br até 29 de novembro. Nesta modalidade de ingresso ao ensino superior, a instituição inaugura mais mudanças.

(Dominik Giusti/Diário do Pará)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios