Xinguara: Presa quadrilha suspeita de cometer diversos assaltos

Em ação conjunta das polícias Militar e Civil quatro pessoas foram presas acusadas de integrar uma quadrilha que viria cometendo diversos assaltos em Xinguara, no sudeste do Pará. Junto com o quarteto foram apreendidas armas, droga, caixinhas de cerveja, litros de refrigerantes, uma motocicleta e uma quantia em dinheiro.

A ação aconteceu por volta de 17 horas do último sábado, 14, no setor Marajoara I. Foram presos Pedro Henrique Costa Ramos, Caio de Jesus Aguiar, Domingos Alves Souza e Vitória Beatriz da Silva, com idades entre 21 e 27 anos.

Segundo a polícia, a localização dos suspeitos aconteceu após a apreensão do material, na noite de sexta-feira, 13, em uma casa no Setor Itamaraty. Com base nas informações colhidas no local e com as investigações realizadas os policiais chegaram até os suspeitos, que estavam escondidos em uma casa na Rua Rio Araguaia. Foi feito o cerco e houve tentativa de fuga, sem êxito do quarteto.

Armas, drogas e dinheiro apreendidos com os acusados

Um dos acusados, segundo a polícia, ainda pulou o muro da casa, na tentativa de fugir, mas foi agarrado nas imediações da residência. Com o grupo havia uma motocicleta, a qual a polícia acredita que era usada para realizar os assaltos na cidade.

De acordo com o soldado Gadelha, da Polícia Militar, na casa onde se encontravam os quatro acusados havia bebida e o ambiente demonstrava que eles estavam em clima de comemoração em relação aos crimes praticados. Mas o clima de festa durou pouco e o quarteto agora está à disposição da Justiça.

Correio de Carajás  (Tina Santos – com informações da Polícia Civil)

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios